Tipos de condôminos que geram conflitos

Conheça os Deveres e Direitos dos Inquilinos
Fevereiro 20, 2018
Benefícios da prática da zumba e do futebol
Março 5, 2018
Exibir tudo

Tipos de Condôminos que geram conflitos

Conhecer o Spazio Único é também conhecer nossos moradores. Identificar os tipos de pessoas que moram aqui é importante principalmente para o síndico, assim ele pode resolver melhor os problemas e definir o melhor modelo de gestão. Por isso, montamos alguns perfis comuns em condomínios que incomodam outros moradores. Você se encaixa em algum? Conhece alguém assim?

1 – O antissocial
Esse tipo é tão comum nos condomínios que já até foi tipificado pela Justiça no artigo 1.337 do Código Civil.
Resumidamente, o morador antissocial é aquele que nunca respeita as regras do condomínio e sempre é multado.
Casos comuns:
– Desrespeito com os vizinhos (conduta violenta)
– Não cumprimento das leis internas

2 – O baladeiro
É aquele que chega a semana toda de madrugada fazendo barulho e incomodando os outros vizinhos.
Casos comuns:
– Festas que ultrapassam o horário de silêncio
– Estimula o alto fluxo de pessoas desconhecidas

3 – O do contra
Faz uma grande oposição forte ao síndico, mas muitas vezes são argumentos vazios que não chegam a lugar algum.
Casos comuns:
– Espalha mentiras sobre o síndico
– Usa sempre um viés negativo e vazio

4 – O fofoqueiro
Esse perfil passa o dia fiscalizando e avaliando os outros moradores e sabe de tudo que acontece no condomínio. Faz comentários maldosos regularmente.
Casos comuns:
– Costuma criar intrigas
– Atinge condôminos e funcionários

5 – O ausente
Esse morador acredita que sua participação no Spazio Único é irrelevante, e por isso, dispensável. Desse modo, ele não ajuda a fiscalizar problemas no condomínio, não participa das assembleias e não têm o sentimento de viver em comunidade.
Casos comuns:
– Não repassam demandas para o síndico
– Muitos não são sociáveis

6 – O inadimplente
Aquele tipo de morador que nunca tem dinheiro para pagar o condomínio, mas está sempre viajando, fazendo festas e trocando o carro.
Casos comuns:
– Não ajuda com as questões condominiais
– Não se importa com os problemas enfrentados por outros moradores

Para viver em harmonia precisamos da ajuda de todos. Repense sempre sua postura, converse com vizinhos que se encaixam nessa conduta e vamos dialogar para construir um Spazio de todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *